quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Vivendo sem fé num país cada vez mais evangélico


Texto: Joseclei Nunes (Razão e Cultura)

Até pouco tempo atrás em meu facebook, postei uma imagem dizendo que sou feliz sem Deus. Esses tipos comentários, como essa imagem, fez eu perder alguns amigos pessoais. Mas será que num país democrático como o Brasil, não se pode viver sem Deus?

Segundo as pesquisas, o Brasil em 2020, será basicamente a maior religião do país, mas será que isso é bom ou ruim?

O mundo hoje passa por certas tuburlências, onde estão assuntos polêmicos como aborto, homossexualismo, eutanásia e legalização das drogas. Tirando o homossexualismo, os outros temas acabam sendo questão de saúde pública e de violência, mas na visão deles não é de Deus e nada pode ser permitido.

Com isso e com o crescimento de uma bancada, onde foram titulados com o nome evangélicos, eles criam leis em defesa de sua fé e vetam as que são contrarias, mesmo que o Brasil seja laico, muitos lideres acabam pensando antes no eleitorado evangélico, antes de criar ou fazer algo, os que se opõe a eles, acabem sendo hostilizados, enfim demonizados.

Então a cada dia, fica difícil viver sem fé no meio de tanto deles, pois o país em toda sua história, sempre teve certa liberdade religiosa, mas isso vem mudando, pois cidades como São Gonçalo, templos de origens do candomblé e umbanda estão sendo fechados porque o prefeito seria evangélico, bibliotecas são punidas por não terem um exemplar da bíblia e alunos e professores são discrimados em suas escolas por suas crenças.

A ultima agora, foi intitulada como "PEC da teocracia" do deputado e então pastor e tucano João Campos, dando as instituições religiosas o poder de decidir se as leis são constitucionais ou não. Imagina isso sendo aprovado aqui no país?

Um exemplo são os países islâmicos, onde são punidos aqueles que são homossexuais, adúlteros e tudo da base do livro sagrado deles que é o Alcorão. Aqui no Brasil, o movimento pentecostal parece querer fazer a mesma coisa, mais usando a bíblia como sua fonte e encontrando sempre brechas da constituição para vetar leis como o casamento igualitário.

Mas mudando o foco de leis, temos as pessoas comuns, que muitos, acabam se tornando gados desses lideres, onde participam de manifestações que inclui ataques a políticos que defende a causa GLBT e a legalização da maconha. Essas pessoas comuns em dia descriminam aqueles que acreditam em vários deuses ou até mesmo em nenhum e isso parece só tem de aumentar.

Um dia desses também estava lendo na fila do banco o livro do José Saramago – Caim, uma senhora olhou o titulo e na hora tirou um daqueles papelzinho para me entregar, mas será que eles respeitam nossa liberdade? Como outra vez um jovem veio me abortar falando que preciso de Jesus, eu falei que não preciso, então ele começou a rogar pragas, falando que um dia eu ia cair de joelhos pedindo perdão a Deus. Imagina isso quando eles forem a maioria segundo o IBGE.

Além disso, perdir amigos pessoais por não querer opinar da mesma crença que eles e como um pesquisador e gostar de ler desses temas (mesmo sabendo pouco), gosto de expor as minhas opiniões e isso acabar gerando um mal estar entre eu e essas tais amizades, como uma vez que veio até meu Orkut querendo me dar sermão, como não sou de aceitar desaforos, respondi e depois lá se foi mais uma grande amizade.

Mas Jesus dizia: amai-vos uns aos outros e não é basicamente isso que encontramos no seu dia a dia. Pois em todo Brasil, se encontra propagandas em sites, camisas, outdoors onde se você não seguir a mesma fé que eles, você esta endemoniado, te mandam para o inferno, fazem de tudo para que você seja o pior, só pelo simples fato de não ser evangélico.

A cada dia eu me preocupo, quando sofro uma agressão verbal, quando assisto pela TV alguém sendo discriminado só por ser espírita, ateu, da religião-afro e entre outras. O movimento evangélico deixou de ser a tal religião do amor e passou a ser a religião do ódio, da ganância, do poder, da ignorância, onde a todo custo vão querer te converter para num futuro fazer do Brasil uma teocracia e depois fazer o país de volta a idade média implantar de vez, uma inquisição protestante.

Mas será que é disso que precisamos? Hoje podemos mostrar que pode ser digno sem fé, sem Deus e as pessoas que supostamente eram para acreditar em Deus, de base não é assim.

Muitos hoje tentam “sair do armário” falando que é ateu, que é umbandista, mas ainda sofre repressão. As pessoas ainda olham diferente em ambientes de trabalho, de escola. As Igrejas a cada dia impõem suas doutrinas, suas regras. Usam a bíblia, às vezes de forma incorreta para pregar o tal evangelho de Jesus. Muitos também acabam se afastando da religião e acabam sendo pré-julgados como possuído pelo demônio, como ímpio, afastado, mesmo que saia de forma sensata e sábia.

Esse pode ser o nosso futuro, a cada pesquisa, cresce o numero de evangélicos pentecostais e as polemicas tendem a crescer também, agora só basta saber como vamos viver sem fé num país cada vez mais evangélico. Pense nisso...


17 comentários em “Vivendo sem fé num país cada vez mais evangélico”

  • 9 de dezembro de 2011 02:37
    Anônimo Disse:

    cara que merda acho que você errou de site querido,porquê aqui é um site para DEÍSTAS e não ateus.seu texto precisa ser retirado desse site.Se manca.Se Deus não existe pra você,beleza,mas não vem querer mostrar a sua opinião ateísta aqui,pois é o lugar errado.flw

    delete
  • 10 de dezembro de 2011 01:13
    Carla Lazzari Disse:

    Um recado ao anônimo covarde ai de cima: o texto não fala sobre ateísmo, pouco importa se o autor é ateu ou não. O texto trata das religiões e do mal uso das mesmas, ou seja, a intolerância generalizada presente em tantos religiosos. E isso é muito pertinente aos temas que o Deísmo discute. babaca

    delete
  • 2 de janeiro de 2012 15:33
    Amanda Lima Disse:

    Então cara... Preciso nem dizer que concordo com cada palavra tua. Só queria acrescentar dois outros pontos. O primeiro é que essa onda de novos evangélicos é manipulada para que cresça tão rapidamente, tem muito dinheiro investido atrás desses shows e dos falsos discursos de " Você será uma pessoa melhor, mais bonita, mais amada, mais rica etc..." e contra isso só tem um remédio que seria investir na isntrução e no eslarecimento, sei que não posso "converter" muitas pessoas mas meus filhos e sobrinhos, por exemplo, estão ao meu alcance, concordas?
    O segundo ponto é que como deista eu acredito em Deus mas não na bíblia e parace que essa minha opinião consegue ser mais polêmica que a tua rs. Já tentastes dizer num grupo de evangélico que a bíblia é um livro feito para defender intereeses pessoais? Cara... Quase fui apredejada, a "cegueira" é tanta que eles não conseguem admitir que o " livro sagrado" foi feito (ou modificado) por quem tinha poder. Qualquer dia desses faça essa experiência se você tbm não acreditar nela.
    Enfim... Execente texto!

    delete
  • 6 de janeiro de 2012 09:24
    Artur Falé Disse:

    Desde aqui Portugal, onde existirão muito provavelmente imensos deístas mas não há algo organizado nem site como aí no país irmão, a minha concordancia com a Amanda e, tal como aí a "onda" evangélica vai ganhando adeptos com uma cegueira considerável, contestar as incongruências da Bíblia equivale a ser um "inimigo" porque as pessoas cristalizam conceitos ao ponto de julgar tal como: "Se não és por mim então és contra mim".

    delete
  • 13 de março de 2012 00:01

    Deus não tem religião.
    Desvendar a hipocrisia dos míticos e místicos. Conscientizando homens, mulheres e adolescentes sobre as falsas religiões, doutrinas, seitas e falsos profetas.
    È necessário sabedoria e discernimento para compreender o que vem a seguir
    “A estupidez e o fanatismo do homem não os permitem perceber que Deus não tem religião”:
    Para o estúpido nenhuma explicação é precisa;
    Para o fanático nenhuma explicação é admissível.

    delete
  • 13 de março de 2012 00:11

    "Amor, Fé e Esperança formam uma única força motriz - um poder sinergético - que conduz todo ser humano que busca o caminho da Luz, através da Evolução e Dimensão Espiritual, à conquista do benefício de alcançar a plenitude da relação com o transcendental".

    delete
  • 16 de março de 2012 01:29
    Anônimo Disse:

    Se por ventura um ser de outra galáxia aqui viesse em missão de paz e contemplasse um crusifixo perguntaria: -"quem é esse pregado nesta cruz?"
    Reaponderiam: é o nosso Deus. O alienigena perguntaria: "por que fizeram
    isto com êle?"

    delete
  • 7 de abril de 2012 18:34
    Anônimo Disse:

    Me pergunto por que deus tem que ficar tao distante acho um absurdo
    ele nao ter um twitter so evangelica acredito em deus mais tenho duvidas
    sobre a biblia me pergunto sera que ela nao foi alterada ao longo dos anos por homens so no intuito de nos manipular ? Sera que ta sendo traduzida corretamente ? Se deus tivesse twitter , email , celular poderiamos perguntar pra ele e ter a resposta direto da fonte e nao ficariamos a merce de pessoas ai nao haveria duvidas de sua existencia e vontade . Angelica

    delete
  • 7 de maio de 2012 22:40
    Anônimo Disse:

    Cara, esse texto foi muito bom. Realmente, pode estar surgindo uma teocracia, mas estou depositando minha confiança no estado laico, espero que não haja nenhum tipo de interferência nas leis por causa da imbecilidade do povo.

    delete
  • 15 de junho de 2012 19:11
    Anônimo Disse:

    Falou tudo! essa ditadura evangélica esta passando dos limites. O motivo principal de eu pedir as contas no último emprego era o terror psicológico ao conviver com esses fanáticos. E fanáticos não são só esses evangélicos, a Canção Nova, a Renovação Carismática Católica são bem fanáticas e preconceituosas também. Não sei se devemos ter raiva ou dó dessas pessoas que baseiam suas vidas em mitologias e em tradições, ignorâncias.
    demonizam tudo que vai contra o nazismo deles.

    delete
  • 25 de outubro de 2012 19:21
    Anônimo Disse:

    A maioria dos teístas querem usar seus dogmas em pessoas que não compartilham sua religião. Esse é o grande problema, muita gente ainda não se acostumou com o ateísmo

    delete
  • 24 de dezembro de 2012 21:25
    Johnny Deiro Disse:

    Se os secularistas não deletarem o preconceito de evangélicos, sim, haaverá uma teocracia brasileira muito breve com a inquisição (pasmem) protestante!

    delete
  • 4 de abril de 2013 11:24

    Olha, eu não concordo com a essência do texto, mas concordo com o tema; é discutível e isso é salutar. A discussão moderada e divergências de opiniões é que nos fazem evoluir e até rever conceitos e concepções, porém o que me chama á atenção é a preocupação político/religiosa, (Gosto de falar desta forma; político/religiosa). Política e Religião estão relacionadas desde sempre, Jesus fora um líder político religioso, Hitler também o foi; Constantino, Genghis Khan, Napoleão... e a opinião destes lideres, suas concepções e autoritarismo realmente mudaram ou marcaram época e até mesmo a história. Porém o mundo de hoje; nossa época é diferente daqueles tempos, hoje vivemos um mundo globalizado, interligado e a torre de Babel não é mais a mesma, o próprio cristianismo não é mais o mesmo, prova disto somos nós; deístas. Políticos usam a massa da forma que lhes convém, de certa forma é natural e nós politicamente falando podemos concordar ou não o que eu não concordo e acredito que vocês também é o fato de alguns políticos misturarem os assuntos, afinal, os eleitos representam o povo; a nação e NÃO suas igrejas, templos ou seja lá o que for.

    delete
  • 5 de setembro de 2013 17:27
    Ed Disse:

    Bem vinda ao clube, Angelica!
    edalexandria@gmail.com

    delete
  • 5 de setembro de 2013 17:31
    Ed Disse:

    Tenha do, eles nao evoluiram...

    delete
  • 8 de dezembro de 2013 18:35
    Anônimo Disse:

    Sou o que Sou
    (Honório Roque)

    Sou homem e não mais, porém não sou objeto.
    E do original eu guardo o gosto à fruta
    E a mente a desejar o cetro, absoluta!
    Sou barro e não sei fingir “caminho reto”.

    Se tudo é em mim humano, sou da terra.
    Sou livre de viver a uma decisão:
    De nunca aceitar aquela ilusão
    de ser divino, deus pedaço, deus que erra...

    Não temo o fogaréu, o mito, o averno.
    Da carne é a dor, do homem, não do eterno.
    Viver é respirar sem ânsia e mistério.

    Não sonho ter o céu; Desejo viajar
    a terra por prazer... O gozo desse mar!
    Está em mim não ser Altura, nem sidéreo.

    delete
  • Este comentário foi removido pelo autor.
    25 de dezembro de 2015 22:49

    Este comentário foi removido pelo autor.

    delete

Postar um comentário

 

(U.B.D) União Brasileira dos Deístas Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger